Fanzine Brasil

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

CINCO BANDAS ESCOCESAS QUE VOCÊ PRECISA CONHECER:

Por: Vannucchi

 A parada da vez é na Escócia, a terra do Kilt, do whisky, do monstro do lago Ness e de bandas que marcaram época como The Jesus And Mary Chain e Simple Minds. Além dessas, nossa lista mostra outras seis coisas legais vindas de Edimburgo e suas cidades vizinhas.

COCTEAU TWINS:

Com sua ambientalização onírica e instrumentalismo experimental, o Cocteau Twins se consolidou como uma das bandas mais originais do Pós-Punk. As letras das músicas são herméticas, e raramente decifráveis, pois é quase impossível compreender o que Fraser está dizendo, sendo que em certas faixas, ela usa uma linguagem “inventada” por ela. Para aumentar o mistério, os encartes dos álbuns oficiais não disponibilizam as letras. Uma banda extremamente fascinante!

The Jesus And Mary Chain.
THE JESUS AND MARY CHAIN:

A banda mais meiga da Escócia! Suas canções são ímpares e produzem um efeito espetacular nos ouvintes. Convenhamos: os irmãos Reid são simplesmente geniais e esbanjaram talento durante toda a existência do The Jesus And Mary Chain. John Reid é responsável por algumas das performances mais alucinantes do Rock And Roll e o irmão, por sua vez, compôs algumas das melodias mais sujas, vibrantes e cativantes da história!

 THE SKIDS:

O The Skids é uma banda de Punk Rock cujos trabalhos musicais navegam pelo tradicionalismo do gênero. Dessa forma, para quem aprecia dosagens dessa vertente do Rock And Roll, com certeza soam de maneira agradável. Aliás, eles nasceram justamente no lendário ano de 1977, ano da eclosão do movimento Punk em todo mundo. O single de maior potencial da banda e que lhes assegurou sucesso, chama-se “Into The Valley”. Apesar de terem conquistado reconhecimento público e também por parte da crítica, a carreira da banda foi curta. Lançaram apenas quatro álbuns entre 1979 e 1981, sendo que neste último ano, o The Skids foi dissolvido. Porém, a boa notícia é que desde meados dos anos dois mil, os membros tem se reunido novamente.


SIMPLE MINDS:

O Simple Minds é responsável por algumas das melhores “baladinhas” dos anos oitenta. A banda surgiu a partir de inspirações do Punk Rock e de influências como Lou Reed, mas trilhou um caminho marcado por afastamento desses referenciais, produzindo músicas mais voltadas à New Wave. A grande explosão midiática que os lançou para o mundo aconteceu em 1985, quando uma música da banda fez parte da trilha sonora do filme O Clube dos Cinco.

The Associates: uma das grandes bandas escocesas.
THE ASSOCIATES:

No início dos anos 80, o The Associates dava as caras ao mundo. Não demorou muito para que a banda se firmasse como um dos grandes clássicos do Pós-Punk europeu, cujas músicas logo repercutiram pelos quatro cantos do globo. Seu grande diferencial era a figura do vocalista Billy Mackenzie que, diga-se de passagem, travou grande amizade com Robert Smith, do The Cure. Falando em Billy, que era o grande nome da banda, infelizmente é preciso citar seu suicídio, ocorrido em 1997.

Claro que além dessas bandas citadas, ainda há outras que fizeram bastante sucesso, tal como Primal Scream e Travis. Poderíamos fazer uma lista mais longa, mas dessa vez optamos por um recorte de cinco mitos da Escócia. Espero que tenha gostado! Agora é ligar o som e curtir as músicas das bandas que citamos! 

Texto anteriormente publicado no Audiograma: http://www.audiograma.com.br/2018/04/10-bandas-escocesas-que-voce-deveria-conhecer/

0 comentários:

Postar um comentário

TwitterFacebookRSS FeedEmail